Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Entre o Aqui e o Ali..

A vida faz-nos querer estar em muitos sítios. Ansiamos por amanhã mas desejamos ser ainda ontem.. Queremos ficar aqui mas ao mesmo tempo que sonhamos já estar ali... É a incerteza que nos conduz pela estrada, cheia de curvas, até ao futuro!!

Entre o Aqui e o Ali..

A vida faz-nos querer estar em muitos sítios. Ansiamos por amanhã mas desejamos ser ainda ontem.. Queremos ficar aqui mas ao mesmo tempo que sonhamos já estar ali... É a incerteza que nos conduz pela estrada, cheia de curvas, até ao futuro!!

Inspectores

 

Nunca gostei muito de inspectores, sejam eles de qualquer tipo.. Porque na realidade eles são todos do mesmo tipo..entram-nos pela porta sem pedirem licença. Com ar arrogante apresentam-se como: "somos os inspectores". Muitos deles nem sequer mencionam o seu nome, afinal esse pequeno (grande) pormenor não é importante quando o que está em causa è uma inspecção de cima a baixo!

É recorrente nas notícias ouvirmos falar deles. Que entraram nas cozinhas dos restaurantes e as fecharam, que entraram em pastelarias e aplicaram multas impensáveis. Que prenderam gerentes daqui e dali, que visitaram feiras e levaram com eles todos os produtos ilegais. Entram, desmontam, vasculham, invadem, multam e fecham, conforme as condições que presenciam, conformem a sua própria vontade!

 

Nesta semana a minha fábrica foi visitada pelos senhores inspectores do ME e da CMP. Tocaram à campaínha e disseram que pretendiam ver as instalações. Vinham munidos de blocos, averbamentos, leis e mais leis, dossiers e até uma máquina fotográfica! Vinham determinados a encontrar qualquer coisa que estivesse fora de lugar, que não estivesse de acordo com o estipulado na lei, que pudesse pôr em causa a higiene e segurança alimentar no momento de produção.

Entraram e "vasculharam". Porta da direita, porta da esquerda. Em cima e em baixo. Dentro e fora. Tiraram notas suficientes para no fim afirmarem que estava tudo muito bem, que aplicávamos os procedimentos correctos, que realizávamos todos os registos e todos os controlos, mas... Sim, porque há sempre um "mas". No que toca a inspectores, nunca está tudo bem. Os pontos a melhorar iriam ser enviados por carta, assim como o prazo para realizar as alterações (um armário ali, outro armário aqui, uma divisória numa das pontas e umas placas nas paredes).

Respirei e assenti. Afinal, mesmo que hajam "mas" não podemos fazer nada contra isso. Agora aguardo a dita carta, que vem registada não vá ela perder-se.