Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Entre o Aqui e o Ali..

A vida faz-nos querer estar em muitos sítios. Ansiamos por amanhã mas desejamos ser ainda ontem.. Queremos ficar aqui mas ao mesmo tempo que sonhamos já estar ali... É a incerteza que nos conduz pela estrada, cheia de curvas, até ao futuro!!

Entre o Aqui e o Ali..

A vida faz-nos querer estar em muitos sítios. Ansiamos por amanhã mas desejamos ser ainda ontem.. Queremos ficar aqui mas ao mesmo tempo que sonhamos já estar ali... É a incerteza que nos conduz pela estrada, cheia de curvas, até ao futuro!!

Feliz Natal e um Excelente 2013

Faz tempo que não venho aqui! Certo é que a vida tem tomado caminhos demasiado dolorosos, daqueles que nos ferem por dentro. Que deixam marcas tão profundas, que nem mesmo um diário de desabafo diminui a intensidade com que sentimos a dor. E vir aqui faz lembrar muito desse sentimento doloroso, causado por tantas decisões erradas.

Faz tempo que queria vir aqui. Sentir um canto só meu. Escrever o que sinto vá dentro e que me permanece no cérebro. Escrever pensamentos positivos, com a esperança de que ao serem lidos tantas vezes, me fizessem acreditar que é mesmo possível ser positiva...

Mas os dedos não deixavam, como que sentissem que o coração iria sofrer mais.

Hoje passados tantos meses, em vésperas de Natal, decidi passar por cá. 

O Natal traz o melhor de cada um ao de cima. A alegria entra em casa acompanhada pelos sorrisos, o carinho e o amor. Sente-se um clima de paz e deseja-se que estes sentimentos durem para sempre e que não haja nada que nos perturbe!! Este Natal desejo que TODOS no mundo, em especial os que amo intensamente, tenham o conforto dos sorrisos, dos abraços e do amor, sempre com muita saúde. 

Em relação ao próximo ano, espero que o número 13 nos traga muita sorte a todos, e que todos os sonhos que idealizamos se tornem realidade. 


A todos vós,

Feliz Natal e Um óptimo 2013 

 

 

 

With you again..

Faz tempo que não passo por aqui! Não que não tenha vontade. Simplesmente não tenho conseguido que as palavras me saiam dos dedos, da cabeça, da garganta tal não é a baralhação que por aqui anda. Neste pequeno espaço que é o crânio, as palavras misturam-se, atropelam-se umas ás outras e depois acabam por se esconder, com receio de serem as primeiras a ser reveladas.

 

2010 acabou com um cansaço extremo. 2011 não começou melhor.

A vida dá voltas e voltas.. e nós nunca sabemos onde essas voltas nos irão levar. Que pensamentos nos irão trazer. A que decisões nos vão conduzir. Mas uma coisa é certa: o que hoje achamos que é concreto, com toda a certeza amanhã poderá já não ser. E muitas vezes somos confrontados com momentos, situações, acontecimentos que estavam tão longe da nossa mais pura imaginação, que acabamos sempre por pensar: como é que isto foi possível?

 

2010 trouxe-me coisas boas. Trouxe-me o Reiki (um dia conto-te como foi), trouxe-me o meu "super carro lindo", trouxe-me o ginásio (continuo a ir lá, mas não com a regularidade com que gostava), entre outros. Mas também me trouxe a angústia, o desespero, a dor, o sofrimento. Foi um ano de sentimentos confusos, conflituosos e ambíguos.

 

Mas 2011 conseguiu trazer-me coisas bem bonitas para já: Paris. Um sonho de muito tempo. A cidade das luzes que me encheu de voltade de lá voltar. Ou quem sabe lá viver!!

Espero de 2011 o melhor.. mas também o pior. Para que quando chegar não seja uma surpresa como outrora foi.

Por entre pilhas de bolos... Um Feliz 2010!

 

Queria chegar aqui e escrever algo bonito. Que estamos (estivemos) em época natalícia. Amor ao próximo. Solidariedade (não percebo porque só utilizam o natal para estas acções... Só há fome no natal??), sorrisos e mais sorrisos. Boa vontade para ajudar. Compras, compras e mais compras. Queremos ter a àrvore de natal montada, cheia de luzes, bolas, fitas ou até borboletas, rodeada de presentes para oferecer à família e amigos mais chegados.

 

Queria chegar aqui e dizer que estou feliz e super energética, que adoro estas quadras e que me rendo às loucuras dos centros comerciais para realizar as minhas compras. Que sempre tenho uma lista de prendas e que sei perfeitamente o que comprar para o jantar de natal e para a noite de passagem de ano.

 

Mas não. Isto porque o Natal confere ás pessoas um estado de "loucura". Tanta confusão por um dia. Ou por uma noite.. São pilhas e pilhas de bolos dirigidos aos super e hipermercados, aos cafés, restaurantes e às pastelarias... Costuma-se dizer, na área da pastelaria, que "Dezembro é o mês dos esfomeados..Nada chega!"

São horas e horas seguidas.. Noites que não têm fim sempre com o objectivo de aprontar mais uma encomenda..e mais uma.. e mais uma outra que está sempre a chegar do outro lado do telefone.

Para a passagem de ano tudo é mais calmo, mas mesmo assim o volume de trabalho é bastante significativo, o que nos obriga a mais uma ou duas noites em claro.


Hoje aqui, não venho desejar-vos um feliz Natal. Espero sim que o Natal tenha sido para vós uma noite de alegria, de festa, de amor e carinho.. Solidariedade e confiança, muita paz e felicidade e algumas prendas também. Mas principalmente, espero que o vosso Natal tenha sido cheio de sorrisos sinceros e gargalhadas de pura alegria, pois são essas coisas que vão preenchendo a nossa vida, as nossas recordações, e a nossa alma com vivacidade, alegria, amor e muitos outros sorrisos ao lembrarmo-nos dos momentos bons que passamos ao longo dos anos.


Passo aqui hoje, entre a fornada de bolos que se encontra no forno para satisfazer a última encomenda da tarde, para vos desejar um fantástico ano de 2010. Cheio de coisas boas que vos façam sorrir, de sucesso e de muita saúde.

 

Façam o favor de serem felizes!!


V.